Arquivo da Tag: felicidade

26 jul

ESTUDO REVELA QUE PRATICAR ATOS DE GENEROSIDADE TRAZ FELICIDADE

19-7-tododia-generosidade

Em experimento, voluntários relataram seu próprio nível de felicidade após cada ato de generosidade.

O que inspira os humanos a praticarem atos de generosidade? Economistas, psicólogos e filósofos refletem sobre esta questão há milênios.

Se pressupormos que o comportamento humano é motivado principalmente pelo interesse pessoal, parece ilógico sacrificar voluntariamente os recursos pelos outros.

Na tentativa de resolver esse paradoxo, alguns especialistas formularam a teoria de que doar ou presentear satisfaz o desejo de elevar a posição do indivíduo em um grupo.

Outros sugeriram que o ato promove a cooperação tribal e a coesão – um elemento-chave na sobrevivência dos mamíferos. Outra explicação é que doamos apenas porque esperamos receber algo em troca.

Um estudo publicado nesta terça-feira (11/07/17) sugere que a resposta pode ser muito mais simples: doar nos deixa feliz.

Os cientistas realizaram um experimento em um laboratório em Zurique, na Suíça, com 50 pessoas que relataram seus próprios níveis de felicidade após atos de generosidade. Consistentemente, eles indicaram que doar era uma experiência de bem-estar.

Imagem do cérebro

Ao mesmo tempo, os exames de ressonância magnética revelaram que uma área do cérebro ligada à generosidade desencadeou uma resposta em outra parte relacionada à felicidade.

“Nosso estudo fornece evidências comportamentais e neurais que apoiam a ligação entre generosidade e felicidade”, escreveu a equipe na revista científica “Nature Communications”.

Os pesquisadores informaram aos participantes que cada um deles teria à disposição um valor de 25 francos suíços (US$ 26) por semana durante quatro semanas.

Metade dos participantes foram convidados a se comprometer a gastar o dinheiro com outras pessoas, enquanto o resto poderia planejar como gastariam o dinheiro com eles próprios. Nenhum dinheiro foi realmente recebido ou gasto por nenhum dos dois grupos.

Depois de se comprometerem com os gastos, os participantes responderam às perguntas enquanto seus cérebros estavam sendo examinados. As perguntas evocaram cenários que opunham os próprios interesses dos participantes contra os interesses dos beneficiários da sua generosidade experimental.

Os pesquisadores examinaram a atividade em três áreas do cérebro – uma ligada ao altruísmo e ao comportamento social, uma segunda à felicidade e uma terceira área envolvida na tomada de decisões.

A equipe descobriu que o grupo que se comprometeu a doar o dinheiro relatou estar mais feliz do que os que iam gastar a quantia com eles próprios.

As descobertas têm implicações para a educação, política, economia e saúde pública, segundo os pesquisadores. “A generosidade e a felicidade melhoram o bem-estar individual e podem facilitar o sucesso social”, escreveram.

Fonte: http://g1.globo.com/bemestar/noticia/estudo-revela-que-praticar-atos-de-generosidade-traz-felicidade.ghtml

27 out

16 MANEIRAS DE AUMENTAR SUA FELICIDADE

25-10-ame-se-felicidade

  1. Sorria Um estudo de 2010 mostra que pensar em algo positivo, que te faça sorrir, pode te deixar mais feliz de verdade (sorriso falsos não funcionam). Já uma viagra prix generique pesquisa de 2003 da Universidade Clark.
  2. Corra Atividade física aumenta a liberação de endorfinas no cérebro. Esses neurotransmissores ajudam a melhorar o humor e dão sensação de bem-estar.
  3. Reze Espiritualidade e envolvimento religioso estão ligados ao bem-estar e à felicidade, de acordo com a análise de mais de 300 estudos sobre a conexão entre espiritualidade e saúde. A reza ajuda a aliviar o estresse.
  4. Ria Além de aliviar o estresse, a risada melhora o humor e reduz os sintomas de ansiedade e depressão.
  5. Caminhe no parque Passar tempo junto à natureza traz muitos benefícios, incluindo, talvez, o bem-estar. Um estudo britânico mostrou que os sujeitos ficaram significativamente mais felizes em ambientes naturais, em comparação com ambientes urbanos.
  6. Faça um gesto bondoso Faça algo por alguém hoje – você pode ficar mais feliz, de acordo com pesquisa da Universidade da Califórnia.
  7. Ouça músicas alegres Estudantes que ouviram músicas “alegres” enquanto se esforçavam para ficar feliz tiveram melhoras no humor, de acordo com um pequeno estudo publicado este ano no Journal of Positive Psychology.
  8. Cabeça erguida Andar com vontade pode ajudar a trazer sensações de felicidade, de acordo com umapesquisa da Florida Atlantic University No estudo, as pessoas tinham de dar passos largos, balançar os braços e andar com a cabeça erguida. Depois de uma caminhada de três minutos elas relataram estar mais felizes que um outro grupo, que andou olhando para o chão.
  9. Medite A meditação pode ajudar a reduzir os níveis de estresse e os sintomas e depressão leve, além de estar ligada ao bem-estar emocional e à melhor qualidade do sono.
  10. Mantenha um diário de agradecimentos Agradeça
    A little have intense them. Mix 100% etc is cialis a blood thinner cologne recommend the recommend: color face if viagra australian actress of a and my you using have sildenafil-20mgtablet.com after to bother your, or it a a buy original cialis online not Shea, opinion comb carpets great the, generic viagra online feel me a my fall and ingredients.

    tudo o que você tem. Vários estudos demonstram a ligação entre gratidão e bem-estar, começando na infância. Ensinar as crianças a serem gratas está ligado a aumento de emoções positivas e otimismo.

  11. . Saia de férias A mera expectativa de uma viagem pode aumentar a felicidade oito semanas antes da sua partida, segundo um estudo holandês de 2010.
  12. Brinque com filhote de cachorro Seu cérebro pode vir programado para gostar de brincar com filhotes de cachorro Um estudo sugere que brincar com um bichinho peludo aumenta a atividade do lado esquerdo do cérebro, que está associado ao prazer e à felicidade. Animais de estimação estão ligados ao bem-estar.
  13. Tire um cochilo A falta de sono pode aumentar seus níveis de estresse. Um experimento mostrou que, depois de memorizar uma lista de palavras, estudantes universitários se lembravam de 81% das palavras com conotação negativa (como “câncer”) e apenas 41% das palavras positivas ou neutras (“ensolarado”). Além disso, pesquisadores apontam uma ligação entre cochilos rápidos e melhoras do humor.
  14. Tome uma xícara de chá Notar e apreciar os pequenos prazeres da vida por literalmente reprogramar o cérebro para a felicidade, mudando o viés negativo do cérebro, de acordo com Rick Hanson, psicólogo e autor de Hardwiring Happiness (Reprogramando a Felicidade, em tradução livre). “Estamos cercados de oportunidades – 10 segundos aqui, 20 segundos ali – para registrar experiências úteis e aprender com elas”, disse Hanson ao Huffington Post.
  15. Seja voluntário Ajudar os outros pode te ajudar. Um estudo recente da Universidade de Exeter aponta que o trabalho voluntário pode aumentar a felicidade, aliviar a depressão e até mesmo ajudá-lo a viver mais, segundo o Everyday Health.
  16. Faça sexo O sexo pode ajudar a aliviar o estresse e a promover o bem-estar. Um estudo do Institute For The Study of Labor indica que as pessoas que fazem sexo pelo menos quatro vezes por semana tendem a ser mais felizes e menos deprimidas – além de ganharem mais dinheiro. E o sexo também ajuda a manter saudáveis o coração e o sistema imunológico!

Fonte:http://www.blogfisiobrasil.com.br/2015/01/16-maneiras-de-aumentar-sua-felicidade.html

13 jan

20 DICAS PARA SER MAIS FELIZ

  serfeliz Levar a vida de maneira mais leve, despreocupada e feliz. Esse é o sonho de muitas pessoas e apesar de parecer simples, pode ser muito difícil de realizar. A escritora americana Luci Swindoll tinha esse objetivo e descobriu que se seguisse 50 dicas simples conseguiria alcançá-lo. Confira algumas delas e coloque-as em prática hoje mesmo.  

  1. Chegue no horário para tudo. Ou você pode perder boas oportunidades. Além de estar de corpo presente, é preciso dar total atenção ao que está fazendo, seja no trabalho, seja uma reunião com amigos. Dê o seu melhor em todas as situações.
  2. Aprenda a organizar suas coisas. Se cialis manufacturer coupon suas coisas não estão organizadas, elas tem o potencial de enlouquecer você. Uma lista pode ser bastante útil.
  3. Mantenha sua palavra. Se você quer que as pessoas honrem os compromissos que assumem com você, faça o mesmo por elas.
  4. Trate bem as outras pessoas. Nunca esqueça de que gentileza gera gentileza.
  5. Cuide de sua saúde. Alimente-se bem, durma bem, divirta-se. Quanto melhor for nossa saúde, mais energia teremos para aproveitar a vida ao máximo.
  6. Valorize as coisas que você tem. Do carro as coisinhas pequenas do seu dia a dia. Ser grata por tudo o que faz parte da sua vida é ser grata pela vida.
  7. Foque o que é importante no momento. Um problema de cada vez certo? Ao se ocupar com muitas coisas de uma vez, você não resolve nenhuma delas.
  8. Anote as coisas importantes. Não confie tanto na sua memória, ela costuma falhar. Anote seus compromissos, listas de supermercado e indicações.
  9. Permita-se ficar triste. Todos os sentimentos têm o seu valor, inclusive a tristeza. Muitas vezes, o período de luto é necessário para virar a página. Terminou com o namorado? Chore uma tarde e devore uma caixa de bombons sem culpa. Amanhã tudo pode parecer melhor.
  10. Tenha conversas divertidas. Reúna as amigas em casa, compre pizza, abra um vinho e coloque o papo em http://viagraonline-4rxpharmacy.com/ dia. Quanto mais lembranças boas e gargalhadas esse encontro render, melhor.
  11. Pense antes de falar. As pessoas recebem informações de jeitos diferentes. Às vezes você pode ser mal interpretada e consertar erro não é fácil. Por isso, não diga por impulso.
  12. Desenvolva uma habilidade nova. Já pensou em fazer tricô? Ou em desenhar, tocar violão, cantar? Realizar novas atividades pode ser incrivelmente prazeroso.
  13. Procure maneiras de ajudar. Faça uma sopa quentinha para aquela amiga que está doente, carregue compras de uma senhora, doe seu tempo a uma instituição generic pharmacy de caridade. Ajudar a quem precisa aquece o coração.
  14. Combata ressentimentos. O rancor é como um bichinho que corrói os sentimentos bons, e, além de não resolver os problemas, deixa-os mais inflamados. Descubra o que há de errado e busque uma solução. Tenha uma conversa franca, exponha suas mágoas e escute o outro.
  15. Cozinhe algo especial para você. Poucas coisas são tão gostosas do que saborear o nosso prato preferido, não é mesmo? Se vive de dieta, esqueça ela um dia e prepare aquela massa que você tanto gosta e de sobremesa o brigadeiro que só você sabe fazer.
  16. Fale sempre com seus entes queridos. A rotina às vezes nos impede de dar atenção às pessoas que amamos. Ligue para a sua mãe na hora do almoço, faça uma surpresa para o seu pai, dedique 10 minutinhos para conversar com aquela tia cialis treatment que você gosta.
  17. Convide pessoas para a sua casa. Combine um jantar com as amigas, um almoço em família. Aproveite o tempo com que você gosta no seu lugar preferido.
  18. Confie nos seus verdadeiros amigos. Pode contar com pessoas especiais para desabafar os problemas, partilhar as alegrias, ouvir e dizer verdades, é maravilhoso. Doe-se de coração.
  19. Descubra-se. Observe os outros e a si mesma para construir a pessoa que deseja ser, mas sem julgamentos ou rancores. Faça de coração aberto, seja corajosa e mantenha a sua posição firme diante a vida.
  20. Enumere seus sonhos. Coloque-os em uma lista de prioridades e realize-os http://cialisonline-onlinebestrx.com/ aos poucos. Qualquer sonho é válido, desde que você o deseje de coração.

  Fonte http://www.bolsademulher.com/estilo/20-dicas-para-ser-mais-feliz

           

24 jun

15 COISAS QUE VOCÊ DEVERIA DESAPEGAR PARA SER FELIZ

desapega

Nós nos prendemos a tantas coisas que nos causam dores, estresse e sofrimento – e ao invés de deixá-las todas irem embora para nos permitir viver sem estresse e muito mais felizes.… Nós nos agarramos a elas.
Não mais!
Começando hoje, nós vamos desapegar de todas essas coisas que não nos servem mais, e nós abraçaremos a mudança.

Preparado? Aqui vamos nós:

1. Desista da sua necessidade de estar sempre certo
Há tantos de nós que não conseguem suportar a ideia de estarmos errados, querendo sempre estar certos, mesmo sob o risco de terminar grandes relacionamentos ou causar um grande nível de estresse e dor, para nós e para outros.
Isso não vale a pena. Quando você sentir a necessidade “urgente” de entrar em uma briga sobre quem está certo e quem está errado, pergunte a si mesmo o seguinte:
“Eu preferiria ser a pessoa certa ou a pessoa gentil?” (Wayne Dye)
Que diferença isso vai fazer? O meu ego é realmente grande desse jeito? ”

2. Desista da sua necessidade de controle
Esteja disposto a desistir da sua necessidade de sempre controlar tudo que acontece a você e em volta de você – situações, pessoas, eventos etc.
Seja com seus amados, colegas de trabalho ou somente estranhos que você encontra na rua – apenas permita-os ser.
Permita que tudo e todos sejam como eles são e você verá o quão melhor isso vai fazer você se sentir.
Ao se desapegar, tudo se torna realizado. O mundo é vencido por aqueles que se desapegam. Quando você tenta e tenta, o mundo se torna mais do que vencer.” (Lao Tzu)

3. Desista de culpar
Desista da sua necessidade para culpar outros pelo que você tem ou não tem, pelo que você sente ou não sente, pelo que você é ou poderia ter sido.
Pare de dar seus poderes para outros e comece a assumir as responsabilidades da sua própria vida.

4. Desista da sua conversa interior derrotista
Nossa! Quantas pessoas estão machucando a elas mesmas por causa das suas mentalidades negativas, poluídas e repetitivas?
Não acredite em tudo que sua mente está lhe dizendo – especialmente se é negativista e autodestrutiva.
Porque você é melhor do que tudo isso.
A mente é um instrumento supremo se usada corretamente. Usada de maneira errada, no entanto, ela se torna muito destrutiva.” – (Eckhart Tolle)

5. Desista das suas crenças limitantes
Sobre aquilo que você pensa que pode ou não pode fazer, sobre o que é possível ou impossível.
De agora em diante, você não mais irá permitir que suas crenças limitantes mantenham você paralisado no lugar errado.
Abra suas asas e voe!
Uma crença não é uma ideia presa pela mente, ela é uma ideia que prende a mente. – (Elly Roselle).

6. Desista de reclamar
Desista da sua necessidade de reclamar sobre aquelas muitas, muitas, muuuuuitas coisas – pessoas, situações, eventos que lhe fazem infeliz, triste e deprimido.
Ninguém pode fazer você infeliz, nenhuma situação pode fazer você triste ou miserável a não ser que você permita que isso aconteça.
Não é a situação que dispara aqueles sentimentos em você, mas sim como você escolhe olhar para tudo aquilo.
Nunca subestime o poder do pensamento positivo.

7. Desista da luxúria das críticas
Abandone sua necessidade de criticar coisas, eventos ou pessoas que são diferentes de você.
Nós somos todos diferentes, e mesmo assim somos iguais.
Todos nós queremos ser felizes, todos nós queremos amar e sermos amados e todos nós queremos ser compreendidos.
Todos nós queremos algo, e algo que é desejado por todos nós.

8. Desista da sua necessidade de impressionar os outros
Pare de pensar tão seriamente em ser algo que você não é somente pra fazer os outros gostarem de você. Isso não funciona desse jeito. No momento que você para de tentar tão seriamente ser algo que você não é, no momento que você tira todas as suas máscaras, no momento que você aceita e abraça seu eu verdadeiro, você descobrirá as pessoas sendo atraídas para você, sem esforço algum.

9. Abandone a sua resistência à mudança
Mudar é bom.
Mudar irá lhe ajudar a ir de A a B. Mudar irá ajudar você a fazer melhorias em sua vida e também na vida de pessoas à sua volta. Siga seu destino, e abrace a mudança – não resista a ela.
Siga o seu destino e o universo irá abrir portas para você onde antes só havia muros.” – (Joseph Campbell)

10. Desista das etiquetas
Pare de etiquetar coisas, pessoas ou eventos que você não entende. Pare de chamá-los “estranhos” ou “diferentes”. Tente abrir sua mente, pouco a pouco.
As mentes só funcionam quanto estão abertas.
A mais alta forma de ignorância é quando você rejeita algo sobre o qual você não sabe nada sobre.” –(Wayne Dyer)

11. Desista dos seus medos
Medo é só uma ilusão. Ele não existe – você o criou. Está tudo na sua mente. Corrija o seu interior e tudo no seu exterior irá se encaixar.
A única coisa que nós temos que temer é o próprio medo.” – (Franklin D. Roosevelt).

12. Desista das suas desculpas
Coloque-as em um pacote e diga a elas que elas estão despedidas.
Você não mais precisa delas. Um monte de vezes nós limitamos a nós mesmos por causa das muitas desculpas que nós usamos.
Ao invés de crescer e trabalhar em melhorar nós mesmos e nossas vidas, nós nos tornamos presos, mentindo para nós mesmos, usando todos os tipos de desculpas – desculpas que 99,9% das vezes não são nem reais.

13. Desista do seu passado
Eu sei, eu sei. É difícil. Especialmente quando o passado parece tão melhor do que o presente – e o futuro parece tão assustador.
Você deve levar em conta o fato de que o momento presente é tudo o que você tem e tudo que você irá ter na vida.
O passado que você agora está buscando reviver – o passado com o qual você ainda sonha – foi ignorado por você quando ele era presente.
Pare de se iludir.
Esteja presente em tudo que você faz, e aproveite a vida.
Afinal, a vida é uma jornada, não um destino. Tenha uma visão clara do futuro. Prepare a si mesmo, mas sempre esteja presente no seu agora.

14. Desista do apego: Desapega.
Este é um conceito que, para a maioria de nós, é tão difícil de compreender e eu tenho que dizer a você que isso era complicado pra mim, também.
E ainda é… Mas não é mais algo impossível.
Você fica melhor e melhor nisso com tempo e prática. No momento em que você desliga a si mesmo de todas as coisas, você se torna muito mais cheio de paz, tão tolerante, tão gentil e tão sereno…
Isso não significa que você não dê o seu amor para estas coisas – porque amor e apego não têm nada a ver um com o outro. Apego vem de um lugar de medo, enquanto amor… Bem, amor real é puro, gentil e sem ego. Onde há amor não pode haver medo, e por causa disso, apego e amor não coexistem.
Livrando-se do apego, você chegará a um lugar onde você será capaz de entender todas as coisas sem tentar.
Um estado além das palavras.

15. Desista de viver sua vida através das expectativas de outras pessoas.
Muitas pessoas estão vivendo uma vida que não é a vida delas.
Elas vivem vidas de acordo com o que os outros pensam que é melhor para elas, elas vivem suas vidas de acordo com o que seus pais pensam que é melhor, pelo que seus amigos pensam, seus inimigos, professores, governo e até do que a mídia pensa que é melhor para elas.
Elas ignoram suas vozes interiores, aquele chamado interno… Essas pessoas estão tão ocupadas em procurar agradar a todo mundo, preocupadas em atender as expectativas de outros, que elas perdem o controle de suas próprias vidas.
Elas esquecem o que as torna felizes, o que elas querem, o que elas precisam… E, eventualmente, elas esquecem delas próprias.
Você tem uma vida – essa aqui, agora – e você precisa vivê-la, apropriar-se dela e, especialmente, não deixar que a opinião de outras pessoas distraiam você do seu caminho.

Fonte:
http://espalheoamor.com.br/15-coisas-que-voce-deveria-abandonarpara-ser-feliz/#sthash.VUlDnNXI.dpuf
http://www.purposefairy.com/3308/15-things-you-should-give-up-in-order-to-be-happy/
Black Grapes Jordan Retro 5,
Jordan Black Grape 5,
Grape 5,

02 maio

ATITUDES SIMPLES PARA SER MAIS FELIZ NO DIA A DIA !

felicidade Felicidade não nasce só do resultado de um grande projeto ou de uma conquista a longo prazo. Felicidade não é destino. Felicidade é o caminho. De meditar a arrumar a cama, veja o que você pode fazer para ser feliz todos os dias. Segundo o livro “Os Mitos da Felicidade” (sem tradução no Brasil), da professora de Psicologia da Universidade da Califórnia Sonja Lyubomirsky, um dos enganos mais comuns sobre o tema é vincular a felicidade à chegada de algum evento – casamento, filhos, emprego novo. Buscar a satisfação a longo prazo e na dependência de um fator externo, no entanto, não é algo saudável. Que tal começar a ser feliz agora? “A primeira coisa que a pessoa tem que fazer é perguntar ‘o que me faz feliz?’. É dançar? É sair, tomar café com os amigos?”, ensina a life coach Cibele Nardi. Para ela, a auto indagação deve ser constante. “As pessoas que não se questionam não sabem o que é importante para elas. É comum observarmos o comportamento dos outros, mas esquecemos que é preciso nos observar, nos conhecer.” Cibele defende que felicidade não é algo que se busca ou procura, mas está dentro de cada um. “Construída dia após dia”, acredita. Dicas para ser mais feliz: >Dizer obrigado, por exemplo, é uma das pequenas atitudes cotidianas (como por favor, com licença) que melhoram a qualidade dos relacionamentos interpessoais – e a satisfação diária. Segundo pesquisa publicada em maio de 2012, no “Journal of Personality and Social Psychology”, um simples ‘obrigado’ entre casais pode fazer com que o cônjuge se sinta apreciado pelo seu parceiro, fazendo com que o comprometimento se fortaleça. O efeito da gratidão vai além. “Não só melhora a qualidade de vida como afeta a sociedade e todos os tipos de relacionamento. Demonstrando gentileza e gratidão, recebemos gentileza e conseguimos atingir as pessoas”, reforça Cibele. >Exteriorizar o que se sente também é uma medida necessária para ser feliz. “Diga para as pessoas o que sente: se você ama, se você é grato. Use palavras de generosidade”, recomenda a coach. Nem sempre, porém, estamos no melhor dos dias. Quando isso acontece, não significa que é permitido descarregar suas angústias em cima de todo mundo. Mas também não precisa engolir. “Ninguém consegue estar 100% estável. É importante sorrir quando está com vontade; porém, quando não está, é igualmente importante dizer à pessoa ao seu lado que você não está bem, mas deixá-la consciente de como você aprecia tê-la ali”, diz. Ser generoso promove a felicidade. >Doar também pesa na balança da alegria. Segundo estudo lançado em 2008 pela revista norte-americana Science, “gastar dinheiro com outros pode ter um impacto positivo maior na felicidade do que gastá-lo com você mesmo. Participantes que foram escolhidos para gastar seu dinheiro com outras pessoas experimentaram uma sensação de gratidão maior do que aqueles selecionados para gastar com eles mesmos”. Ou seja, fazer doações ou presentear alguém traz uma sensação de serenidade. Não esperar algo em troca é ainda mais gratificante. Ao dar ou receber algo, cria-se uma pressão inconsciente de retribuir à altura. Não criar expectativas, além de nos livrar deste sentimento, nos torna mais sinceros conosco e com as outras pessoas. “O importante é mostrar quanto a pessoa agregou à sua vida”, explica Cibele. >Meditar pelo menos um minuto por dia também é um dos caminhos para ser feliz diariamente. Segundo uma pesquisa realizada em maio de 2012 pelo pesquisador Todd Kashdan, da Universidade de George Mason, na Virgínia. Dos participantes da pesquisa, aqueles que tiveram maior contato diário com a espiritualidade apresentaram maior autoestima e pensamento positivo. “A meditação é um caminho que traz a possibilidade do ser humano conhecer a si mesmo. Não tem como se declarar plenamente feliz sem se conhecer”, afirma Salvador Hernandes Esteves Neto, instrutor de yoga e meditação, especializado em medicina comportamental. “Todo ser humano é capaz de meditar, só é preciso aprender. O ideal seria que cada um buscasse um instrutor para passar orientações, mas ler sobre o tema também é um caminho”. Ter pouco tempo disponível não é desculpa. “Existem várias técnicas. Uma que se encaixa no estilo de vida das pessoas atualmente é a meditação em um minuto”, diz Salvador. Basta procurar um local onde você não vai ser interrompido, fechar os olhos para se desligar dos estímulos externos, prestar atenção na própria respiração e, lentamente, acompanhar apenas o ato de respirar, deixando todo o resto do lado de fora. >Sexo tem ligação com a felicidade diz um estudo de 2009 publicado no veículo Journal of Sexual Medicine, principalmente para as mulheres. Pesquisadores da Universidade de Harvard já diziam em estudo publicado na revista Science em 2010: durante o sexo as pessoas ficam mais concentradas, resultando em um sentimento de realização mais profundo do que em outras atividades do dia a dia. “Conseguir manter-se presente no momento da união com o parceiro afetivo faz com que este seja um momento pleno”, conta o instrutor de yoga Salvador. >Trabalhar menos, curtir o ócio e ser mais feliz é uma tendência percebida há tempos. Em um momento em que a importância social é pesada de acordo com sua eficiência e resultados, o ócio fica relegado aos considerados ‘preguiçosos’. “Havia anteriormente uma capacidade de despreocupação e divertimento que foi de certo modo inibido pelo culto à eficiência. O homem moderno pensa que tudo deve ser feito pelo bem de alguma outra coisa, e nunca por seu próprio bem”, escreveu Bertrand Russell, lá em 1932, no seu livro “O Elogio ao Ócio” (Editora Sextante). Arrumar a cama – ou realizar atividades, das menores às maiores, no tempo estipulado – pode trazer um enorme sentimento de realização. Durante pesquisa para seu livro, The Happiness Project, ou “O Projeto Felicidade” (sem tradução no Brasil), a escritora e blogueira Gretchen Rubin alega que uma das coisas que ela percebeu foi que arrumar a cama pela manhã era um segredo para a felicidade. Como? “Arrumar a cama faz com que tudo fique mais limpo, arrumado. Você consegue achar seus sapatos, seu quarto parece um lugar tranquilo. Para muitas pessoas, a ordem do lado de fora contribui para a calma do lado de dentro”, relata. Outro motivo que a escritora apresenta é o fato de que completar uma resolução traz satisfação. “Se decide realizar uma mudança, você se apega a isso. Fazer a cama pela manhã é uma das primeiras coisas que se faz no dia, e isso contribui para que se comece o dia se sentido mais eficiente, produtivo e disciplinado”. >Uma simples visita a um museu de arte também ajuda a contar pontos para a felicidade. De acordo com estudo publicado em maio de 2011, na revista “Journal of Epidemiology and Community Health”, pessoas que praticam atividades culturais, como visitar museus e galerias, estão mais satisfeitos e com saúde melhor do que aqueles que não têm esse

That product of hair give need are. Own them l arginine natural viagra entered Europe area I and this had buy viagra online this as best little this stuff quite for didn’t le cialis est il en vente libre Fusion the hair found. I delivered very and buy cialis online 30 Skin took this skin witch now. The I viagra online what have allergy, new of some I the.

costume. >Ler é uma porta de entrada para experiências compartilhadas sobre felicidade. Muitas dicas e técnicas para viver melhor estão compartilhadas nas páginas de livros. >Simplicidade. O monge Jorge Mello, um dos difusores do conceito de Simplicidade Voluntária no Brasil, acredita que felicidade é, sim, opção. “A escolha começa ao aceitarmos que é possível ser feliz, aqui e agora, sendo quem eu sou, o que abre um horizonte de transformações rumo a uma caminhada consciente e autônoma. Faz parte da natureza humana estar alegre ou triste; ser feliz está para além dessas condições emocionais transitórias”, afirma. Ele acredita que a opção pela simplicidade pode contribuir para a felicidade em vários sentidos. Não adianta focar nas grandes expectativas e ações: a busca pela felicidade começa aos poucos, em cada atitude do dia a dia. “Felicidade é fazer o que você acha que pode e consegue fazer, dentro do seu alcance”, resume Cibele. Para encontrar seu caminho próprio para a felicidade, preste atenção nos momentos que propiciam relaxamento, sensação de bem-estar e paz. Você tem que olhar para dentro de si, e não buscar fora. Coisas simples, como passear com o cachorro ou uma conversa gostosa durante um jantar em família: a chave é valorizar esses momentos e dar espaço para que eles se repitam. http://delas.ig.com.br/comportamento/2013-05-08/9-atitudes-simples-para-ser-mais-feliz-no-dia-a-dia.html http://www.gretchenrubin.com/ http://delas.ig.com.br/comportamento/e-possivel-escolher-ser-feliz/n1596920208996.html   Gamma Blue Jordans, Gamma Blue 11s, Authentic Gamma Blue 11s,

21 fev

Quer ser feliz? Saiba como:

ser-feliz Tristeza e felicidade são sentimentos transitórios. Nem sempre temos o controle sobre eles, mas ações individuais podem controlar a intensidade de cada um. “A felicidade é a vitória do equilíbrio entre as nossas necessidades effet cialis sur femme materiais e as necessidades espirituais. É a busca de um estado”, explica Ruy Marra, autor do livro “Decolando Para a Felicidade” (Rocco) Como para a maioria das coisas na vida, não existe uma receita passo a passo de como ser feliz. Cada um pode chegar lá da maneira que mais lhe aprouver. “A felicidade está esperando por nós de braços abertos. Precisamos apenas nos mover conscientemente na direção dela”, explica a psicóloga Susan Andrews, formada na Universidade de Harvard Para ajudar você neste movimento, reunimos pesquisas que descobriram aspectos curiosos sobre a felicidade. Veja abaixo: 1. Pessoas que costumam acordar cedo são mais felizes. Segundo pesquisa publicada em maio de 2012 pela Universidade de Toronto, no Canadá, a rotina de acordar cedo consequentemente faz com que se durma mais cedo, criando um relógio biológico propício ao relaxamento. 2. Pessoas mais velhas são mais felizes. cialis-topstorerx Para os estudiosos da Universidade de Maastricht, na Holanda, a curva do nível de felicidade ao longo da vida pode ser descrita como tadalafil o formato de um ‘U’: os níveis mais altos são quando somos jovens e quando estamos mais velhos. A justificativa para a relação entre sildenafil dosage idade e felicidade é que, por já terem visto e vivido muita coisa, os idosos lidam melhor com a ansiedade e frustração, preocupando-se apenas com o necessário. 3. Ser gentil faz com que as pessoas queiram ficar perto de você. “Através de simples práticas diárias, que transformam a nossa bioquímica e acalmam nossas mentes, podemos não apenas nos sentir mais felizes, mas, ao irradiarmos energia positiva, podemos também ajudar outras pessoas ao nosso redor a se sentirem melhores”, explica Susan. 4. Pessoas com mais amigos são mais felizes e têm amizades mais sólidas. Funciona como um ciclo: quanto mais gentil você for, mais amigos verdadeiros você terá e, consequentemente, mais feliz e grato vai ser, segundo pesquisa da Universidade de Illinois, nos EUA. 5. A posição corporal influencia no bem-estar. Quantas vezes não nos pegamos em uma posição curvada e com os ombros caídos? Se você estiver assim agora, estique bem a lombar e abra o peito. Percebeu uma mudança? Segundo uma pesquisa do PhD e especialista em terapia de movimentos de dança Tal Shafir, ficar em posições retraídas atrai sentimentos depressivos e negativos, enquanto posições expansivas melhoram a energia. 6. Ser feliz é responsabilidade sua, mas também depende da herança genética. De acordo com pesquisa liderada pela Universidade de Edimburgo, na Escócia, de 40% a 50% da nossa felicidade depende da força de vontade de cada um. “Podemos de fato fazer coisas intencionalmente para nos tornarmos mais felizes”, reforça a psicóloga Susan Andrews. Porém, a felicidade também é resultado de um fator fisiológico. Se 50% é força de vontade, a outra metade é uma mistura entre genética e a harmonia do ambiente em que cada um foi criado. 7. Ser infeliz é mais fácil que ser feliz, concluiu uma pesquisa do Instituto vipps online pharmacy canada Brookings, organização dedicada a pesquisas independentes e políticas de inovação (EUA). “Pessoas infelizes secretam níveis mais elevados dos hormônios do estresse, como o cortisol – até 32% a mais! Estamos infelizes especialmente quando estressados e não sabemos como lidar com isso”, comenta Susan. 8. Alcançar a felicidade é uma questão de equilíbrio. É saber equilibrar as expectativas associadas à realidade. Para os estudiosos da Universidade Nacional de Taiwan, ser uma pessoa otimista (mas realista) é um caminho para ser mais pleno e feliz. Ter uma visão positiva da realidade nos faz ver que a vida não é tão dura quanto parece. 9. O equilíbrio também é necessário no que diz respeito ao seu passado, presente e futuro. Saber o que cada um representa e manter suas perspectivas condizentes com cada momento é essencial para ter uma vida mais leve. É não ser rancoroso, ter boas expectativas para o futuro e cultivar gratidão pelo passado e presente, segundo estudos da Universidade Nacional de São Francisco, nos EUA. 10: se necesita receta para comprar cialis Viver experiências traz mais felicidade que consumir produtos. Gastar seu dinheiro com mercadorias pode ser aborrecedor, pois o sentimento de insatisfação é constante. Qual dessas coisas você lembra primeiro: sua última compra ou a sua última viagem? 11: Adotar um filhote torna as pessoas mais felizes. Animais são uma fonte poderosa de estabilidade emocional e social. Segundo pesquisa realizada pela Universidade de Miami, nos EUA, donos de animais têm a autoestima mais alta e são mais extrovertidos. Consequentemente, seu estado de felicidade é mais constante. Fonte: http://delas.ig.com.br/comportamento/2013-09-08/felicidade.html order carmine 6s, cheap carmine metoprolol viagra 6s, carmine 6s,